Tecma Tecnologia



Amostragem de águas Subterrâneas

Amostragem de águas Subterrâneas

Os objetivos reais de um programa de amostragem devem ser determinados em uma fase de planejamento, assim como o controle de qualidade dos dados. O controle da qualidade é realizado através de melhores práticas de amostragem, de um adequado transporte de amostra e da utilização do nosso laboratório certificado pela ABNT ISO17025:2005 garantindo os resultados analíticos.

O processo de amostragem se inicia com a definição dos reais objetivos do programa de amostragem, levando –se em consideração um estudo prévio da área a ser amostrada, tanto químico (em relação a contaminantes) quanto hidrogeológico. Desse estudo e com as determinações dos objetivos serão definidos o número e a distribuição dos poços de amostragem, bem como o projeto, a técnica de perfuração e o projeto construtivo utilizado. Após o estudo é determinado o procedimento de amostragem, as técnicas de purga e os equipamentos a serem utilizados, já que a eficiência destes dependerá do tipo de contaminante, características do poço de monitoramento e da hidrogeologia da área amostrada.


As análises em campo, microbiológicas, ecotoxicológicas, determinações dos compostos orgânicos, dos metais poluentes são determinados para cumprir as seguintes legislações:

- Resolução CONAMA nº 396/2008 - "Dispõe sobre a classificação e diretrizes ambientais para o enquadramento das águas subterrâneas e dá outras providências."
- Portaria nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011
- Portaria nº 518, de 25 de março de 2004
- Legislações Estaduais – (CETESB, INEA, FEAM...)